Diário de Bordo

LUA NOVA

“Verão/ brilha o sol e o mar/ é tão cor do céu/ parado não vou ficar/ que isso é bom”

Betto Pereira/Josias Sobrinho e Ronald Pinheiro


Foto: Reprodução

Pioneira do reggae nacional, a banda Tribo de Jah, liderada por Fauzi Beydoun, vai voltar sua temporada de shows mas ainda em formato de live, que terá transmissão nesta sexta-feira, 21, às 20h, no canal oficial da Tribo de Jah no YouTube, direto dos estúdios da Rádio Nova FM. Além de grandes sucessos, o repertório trará músicas inéditas. A iniciativa tem caráter beneficente em prol do Centro Desportivo Maranhense de Cegos – Cedemac/MA. As doações poderão ser feitas através de transferência bancária via QR Code ou por ligação telefônica. O patrocínio é da Cerveja Magnífica, apoio cultural do Centro Elétrico e ONErpm.


Foto: Divulgação

O curta-metragem “Jardim do Éden”, de produção, roteiro, direção de arte, montagem da cineasta maranhense Ana Tércia Lobato, já atingiu mais de mil visualizações no canal oficial da Lume Filmes, no youtube. Trata-se de uma ficção de 11h45”, de 2017, onde um homem passeia em um jardim relembrando seus amores do passado. Assistam!


Foto: Divulgação

As apresentações musicais, ao vivo, estão de volta ao restaurante Villa do Vinho Bistrô, na Cohama. O charmoso bistrô está aberto ao público cumprindo todas as medidas sanitárias determinadas em decreto governamental. E nesta sexta-feira, 21, a noite será animada por Mário Fernando (foto), de 20h30 às 23h30. Inclusive, o menu que pode ser acessado digitalmente, por QR Code, tudo para manter um atendimento seguro, além do número de mesas reduzidas no salão. E o serviço de entrega em casa continua…


Foto: Divulgação

E na Band nesta sexta-feira, 21, às 22h45, tem show, ao vivo, da exuberante Fafá de Belém, ícone da música popular brasileira, direto dos estúdios da emissora em São Paulo. O público também pode acompanhar a transmissão pela Band FM.

No repertório estarão grandes sucessos que marcaram a carreira da artista. A saber, filha do advogado e bancário Joaquim de Figueiredo e da dona de casa Eneida Palha, Maria de Fátima Palha de Figueiredo aprendeu a tocar piano, violão e compôs as primeiras músicas ainda na adolescência. Em 1973, estreou como atriz no musical Tem Muita Goma no meu Tacacá, que satirizava o cenário político da época. No mesmo ano, apesar de ainda ser menor de idade, se mudou para São Paulo para buscar independência financeira se apresentando em bares e casas noturnas. Dois anos depois, ganhou notoriedade nacional quando a canção “Filho da Bahia” fez parte da trilha sonora da novela “Gabriela”. O primeiro disco, Tamba-Tajá, foi lançado em 1976 pela gravadora Polydor, trazendo um repertório eclético, mas essencialmente brasileiro e que mostrava a paraense ainda muito ligada às suas raízes nortistas. O segundo trabalho, Água, chegou às lojas em 1977 e vendeu mais de cem mil cópias.

No início dos anos 1980, passou a ser considerada a “Musa das Diretas Já” após virar uma espécie de cantora oficial do hino nacional brasileiro durante as passeatas e comícios do movimento político.

Ao longo da carreira, se apresentou para três papas: em 1997, interpretou a clássica “Ave Maria” para João Paulo II, no Maracanã (RJ). Já em 2006, participou das homenagens a Bento XVI com a mesma música em Valência, na Espanha. E em 2013, durante o show de acolhida do papa Francisco na Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, ela cantou a cultura do seu estado e sua forte relação com o Círio de Nazaré nos versos de “Eu Sou De Lá”, do padre Fábio de Melo. Com uma voz marcante e uma carreira consolidada, Fafá de Belém é considerada uma das maiores e mais completas artistas do país. Imperdível!!


Foto: Divulgação

E o Bistrô Quintalão, na Ponta D´Areia, retomou sua programação musical de quinta a domingo. Nesta sexta-feira, 21, a bela e talentosa cantora Adriana Bosaipo (foto) tem presença confirmada; no sábado, a noite é do pianista Marcelo Rebelo, mas antes tem ‘sunset’.


Foto: Reprodução

A Cia. Xama Teatro está em campanha de financiamento coletivo para a montagem da “Vagabunda – Revista de uma mulher só”. Para participar, entrem através do link: https://www.catarse.me/revista_de_uma_mulher_so. O mote da peça é uma revista impossível da Gigi, uma mulher que se revista, para ser (des)vista. Entrando na pele das vedetes, nas vidas das outras, das loucas, das bruxas, das artistas, deusas, monstros, filhas dos tempos… para não esquecer jamais, delas, dela, da estrela que não cabe numa mala, pois há infinitas estrelas na revista da mulher só. No detalhe, a atriz Gisele Vasconcelos.


Foto: Divulgação

A live solidária “Dos Paredões” acontece neste sábado, 22, numa super produção tendo Romim Mahta como atração principal. A transmissão será pelo canal do youtube do cantor, a partir de 17h. A ficha técnica conta com Heitor Pessoa e Japa do Arrocha como apresentadores, Rita Matos na assessoria de imprensa, e a produção é do empresário Wenderson Campos. A live tem como objetivo de arrecadar materiais como máscaras, álcool em gel e cestas básicas para o Instituto Mãe Nonata.


CHECK IN

* A jornalista e DJ Vanessa Serra, do Diário de Bordo, idealizou dois programas semanais que vem consolidando um público cativo durante suas transmissões pelas redes sociais. Abrindo a semana, aos domingos, a partir de 7h até às 9h da manhã, acontece a “Alvorada”, onde ela apresenta por meio da discotecagem em set 100% vinil, um apanhado de grandes sucessos que marcaram a época de ouro da Música Brasileira. Choro, Samba, Samba-canção, Moda de Viola, Romântica e Bolero são alguns dos estilos que ativam a memória afetiva de quem acompanha esse programa dominical, dedicado para toda família. A transmissão acontece pelo instagram @vanessaserrah e também pelo YouTube (Vanessa Serra) com compartilhamento do link também para o facebook.

*E durante às quartas-feiras, sempre 21h, através do instagram @vanessaserrah, é a vez do sarau Vinil & Poesia, com música, recital poético interativo e bate-papo. Nesta próxima quarta-feira, 26, o cantor e compositor Gerude é o convidado especial.

*A VLI, empresa de soluções logísticas que integra terminais, ferrovias e portos, movimentou 12,5 milhões de toneladas de grãos e açúcar no primeiro semestre de 2020. Esse resultado representa alta de 14% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

O volume de grãos (soja, milho e farelo) superou as 10 milhões de toneladas enquanto a movimentação de açúcar ficou próxima dos dois milhões de toneladas. “Esses indicadores mostram a força do agronegócio brasileiro e a capacidade da VLI de contribuir para um setor essencial ao país. Mesmo diante das adversidades do ano, nos adaptamos para manter todas as operações oferecendo segurança aos profissionais e eficiência para os clientes”, destaca Igor Figueiredo, gerente-geral Comercial Grãos e Açúcar da VLI.

*A companhia dispõe de seis terminais integradores, que recebem cargas do agronegócio no modal rodoviário e transferem os produtos para a ferrovia. Essas unidades estão localizadas em Minas Gerais, Tocantins e São Paulo e fazem parte do sistema integrado que reúne ainda o tramo norte da Ferrovia Norte-Sul, a Ferrovia Centro-Atlântica e operações portuárias no Maranhão, Espírito Santo e São Paulo.

*Obrigada pela leitura! Email para sugestões e contatos: vanessaserra1974@gmail.com. *Acesse www.vanessaserra.blogspot.com.br. /@diario_de_bordo.

* Cuidem-se! Saúde para todas e todos!!



0 Comentários


Deixe o seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *