III Encontro Nacional de Mulheres na Roda de Samba

Uma verdadeira celebração às mulheres sambistas, a edição do evento em São Luís (MA) tem incentivo da Lei Aldir Blanc

O Samba vai ecoar por todo o Brasil sob o comando de mulheres cantoras e instrumentistas numa grande Roda no próximo dia 12 de dezembro, sábado, a partir de 17h, com transmissão simultânea, ao vivo, pelas redes sociais oficiais. É o III Encontro Nacional de Mulheres na Roda de Samba, que este ano, homenageia Elza Soares, um dos maiores ícones da história da música popular brasileira.

A capital maranhense faz parte dessa programação, que é uma verdadeira celebração às mulheres sambistas. A cada ano, a iniciativa ganha mais adesão no território nacional e internacional, ao todo, já são 32 cidades participantes. Além do Brasil, teremos o evento em outros seis países: – Argentina, França, Itália, Holanda, Portugal e Japão.

Em São Luís (MA), o Encontro Nacional de Mulheres na Roda de Samba foi contemplado no edital de fomento a projetos culturais da SECMA, por Lei Federal Aldir Blanc, garantindo os recursos necessários para execução e estrutura, movimentando a cadeia produtiva local nesse momento de crise econômica em virtude da pandemia do Covid – 19.

As Brasileirinhas, Alessandra Loba, Alessandra Santos, Andréa Frazão, Chris Santana, Gisele Padilha, Helô Santana, Luciana Pinheiro, Maaya Alves, Mariana Rosa, Millena Mendonça, Rose Maranhão, Rose Carrenho, Adriana Soraya, Eline Cunha, Jéssica Martins, Lia Lobato, Loren do Banjo, Mary Bass, Nize Cavalcante, Noely Moura, Paulinha Batera, Pimentinha e Vânia dos Teclados irão compor a Roda de Samba, representando a força e a representatividade feminina dentro desse genuíno gênero musical brasileiro, o Samba, no Maranhão.

O formato do Encontro Nacional das Mulheres na Roda de Samba acontece simultaneamente, no mesmo dia e mesmo horário, às 17h (horário de Brasília), cantando as mesmas músicas na abertura em homenagem à diva Elza Soares, de 90 anos. Em seguida, cada cidade segue seu respectivo show-encontro com repertório de músicas autorais, privilegiando as compositoras, além de sambas de mulheres que abriram porta para a projeção de um mercado feminino, como Dona Ivone Lara, Clara Nunes, Beth Carvalho, Elizeth Cardoso e Leci Brandão. E claro, sem esquecer as composições autorais e sucessos do cancioneiro local maranhense.

O público pode acompanhar a transmissão de cada cidade através da página de facebook (fanpage oficial) do projeto: – MULHERES NA RODA DE SAMBA (https://www.facebook.com/mulheresnarodadesamba).

Quem quiser acompanhar pelo canal do youtube, haverá um giro em todas as cidades. Pois a transmissão do canal vai intercalar ao vivo as transmissões locais.

Texto: Vanessa Serra



0 Comentários


Deixe o seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *