Salinópolis – Um destino perfeito para o turismo natural no litoral paraense

Com um conjunto de bens propício ao desenvolvimento sustentável e histórico, o lugar se destaca pela beleza, exuberância e extensão de suas praias, mangues e vegetações.

Salinópolis ou Salinas, como os paraenses costumam chamar, é um dos destinos que mais tem chamado a atenção dos turistas que buscam o Oeste do litoral paraense a cerca de 220 km de Belém. Uma região privilegiada pela natureza, recanto de aves das mais variadas espécies, onde o entardecer reluz em cores no horizonte.

Salinópolis pode ser alcançada de São Luís através da (BR 135) ou em viagem mais rápida pela (MA106) após travessia de 1h20 no Ferry Boat da Ponta da Espera ao Cujupe. De lá por 3 horas se atravessa os municípios maranhenses de Bequimão, Pinheiro, Santa Helena, Turilândia até atingir o município de Nunes Freire na (BR 316).  Da cidade maranhense Nunes Freire, 261 km precisam ser seguidos em mais 4 horas de viagem que levam o viajante até o destino turístico paraense Salinópolis, em um total de 8h20.

Ao chegar na cidade um imponente Farol de orientação marítima com 39 metros de altura e 147 degraus e alcance de 13 milhas nos proporciona uma das mais belas vistas da região. O Farol veio para o local deslocado do Apeú, um povoado próximo na região, em 1936 e colocado no ponto mais alto da cidade, em 1937, devido a queda do antigo farol da cidade de Salinópolis.

A cidade apresenta uma gama de atrativos para quem visita o município. A exuberância de suas belezas naturais são presentes em toda extensão de seu litoral, com praias de areias brancas e finas, entre elas: Atalaia, Da Corvina, Maçarico, Marieta (Ilha do Marco), Fortaleza, Castelo, Areião, Porto da Praia, Ponta da Maria Baixinha e Inajá (dos Pilões), todas sendo um belo convite ao desfrute.

A contemplação da natureza é uma das principais atividades turística da cidade, Os passeios náuticos pelos mangues, vegetações nos finais de tarde onde as revoadas e cantos de pássaros se misturam as cores de um fantástico pôr do sol nas margens dos rios Urindeua e Maramuipy, deixa no espírito e na alma e misto de satisfação e prazer.

Em meio a retomada do turismo pós a pandemia do Covid 19, Salinópolis se destaca e se torna um destino primoroso para quem busca se refugiar em meio a natureza, contemplando o que de mais maravilhoso a divindade celestial criou para ser desfrutado pelo homem, uma natureza deslumbrante e revigorante.

O farol de orientação marítima e ponto de visitação dos turistas – Foto: Gutemberg Bogéa
Salinópolis vista do alto do belo farol – Foto: Gutemberg Bogéa
Um destino que nos proporciona lazer, entretenimento e um contato próximo com a natureza – Foto: Gutemberg Bogéa


0 Comentários


Deixe o seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *